Oh! Cachoeira de Emas
De minha alma, minha vida
Lindo recanto de amores
Minha terra tão querida

Suas águas que vão caindo
Como a brancura de um véu
Como se fosse uma prece
Que vai subindo pro céu

Cascata de minha infância
Encerra tanta beleza
És um milagre de Deus
Pelas mãos da natureza

A Cachoeira de Emas
Recanto onde eu nasci
Meu pranto é de saudade
Por viver longe de ti

Suas águas que vão caindo
Como a brancura de um véu
Como se fosse uma prece
Que vai subindo pro céu

Cascata de minha infância
Encerra tanta beleza
És um milagre de Deus
Pelas mãos da natureza

A Cachoeira de Emas
Recanto onde eu nasci
Meu pranto é de saudade
Por viver longe de ti

(Pedro Paulo Mariano – Santa Maria da Serra-SP)

Link: http://www.vagalume.com.br/nenete-dorinho/cachoeira-de-emas.html#ixzz3Lb5iQv7h